Transfer aeroporto
Hotéis em promoção
  1. Fecha de llegada
  2. Fecha de salida
Hoteles con Encanto
Voos baratos

Dublin em dois dias

Para quem tem pouco tempo para visitar Dublin, oferecemos um roteiro de dois dias, supondo que você chegará na sexta-feira à tarde e irá embora no domingo na mesma hora. Se você for viajar outro dia da semana, recomendamos checar os horários das atrações. 

Dia da chegada

Temple Bar
Temple Bar

Depois de aterrissar, você terá que pensar a melhor maneira de chegar ao centro de Dublin. Se o seu hotel estiver um pouco afastado do centro e você precisar utilizar os ônibus ou se você simplesmente não quer se preocupar, o melhor é comprar um cartão Leap Card Visitor de 3 dias, válido para usar os ônibus de forma ilimitada, incluindo os serviços especiais 747 e 748 do aeroporto.

Ao chegar na cidade, já sem as malas e com um mapa nas mãos, a melhor forma de começar a visita é ir ao bairro mais vivo de Dublin, o Temple Bar, uma zona de bares, pubs, restaurantes e artistas de rua.

Antes de jantar, você pode tomar uma pint de Guinness no Oliver St. John Gogarty ou no Temple Bar, dois dos pubs irlandeses mais famosos da zona.

Se você quer curtir a noite, está no lugar certo; mas se você prefere fazer uma caminhada, o ideal é andar pela Grafton Street e travessas.

Primeiro dia

Prisão de Kilmainham
Prisão de Kilmainham

Guinness Storehouse, Bar Gravity
Bar Gravity na Guinness Storehouse

St. Stephen Green Shopping Centre
St. Stephen Green Shopping Centre

Começaremos o dia visitando a Prisão de Kilmainham, um dos lugares mais chamativos de Dublin. Para não se cansar no início, recomendamos ir até lá de ônibus, já que há muitas linhas que passam pela prisão. Para poder fazer um dos primeiros tours, recomendamos chegar antes das 10:00 horas.

Depois de visitar a prisão, vá à Fábrica da Guinness, que está a uns 15 minutos de caminhada pela rua Old Kilmainham em direção ao centro da cidade, quando a rua muda seu nome para James’s Street.

Depois da visita, volte à rua anterior para ir à Catedral Christ Church e, caminhando em direção ao sul pela Nicholas Street, você encontrará a Catedral de St Patrick. Essas são as duas igrejas mais importantes de Dublin e merecem a visita.

Nessa hora, você já estará com fome e poderá comer algo no caminho ao centro, na Dame Street.

Dedicaremos a tarde a passear pelas principais zonas comerciais de Dublin. Mesmo que você não queira fazer compras, esse itinerário também é interessante do ponto de vista turístico, já que passa pelas principais ruas da cidade.

Começaremos o passeio pela Grafton Street e chegaremos ao St Stephen Green Shopping Centre. No caminho, você passará pela loja de departamentos Brown Thomas, a mais famosa de Dublin.

Beirando o shopping de St Stephen Green, você deverá pegar a South William Street para chegar a dois shoppings interessantes: Powerscourt Townhouse Centre, luxuoso e imprescindível, e George Street Arcade, conjunto de lojas cujo acesso é feito pela rua Castle Market.

Quando você se cansar de passear pela zona, você pode atravessar o rio Liffey para ir à O’Connell Street, a segunda rua comercial mais importante. Depois de dar um passeio, pegue a Henry Street, onde há lojas e shopping suficientes para passar a tarde.

Depois das compras, você pode tomar uma cerveja na The Church, igreja que se tornou um dos pubs mais originais de Dublin. Está no número 1 da Mary Street, a 5 minutos de caminhada da Henry Street.

Nessa hora, o melhor que você pode fazer é ir a Temple Bar, onde você pode jantar, tomar algo ou, se tiver energia, curtir a surpreendente vida noturna de Dublin.

Segundo dia

Trinity College, Old Library
Sala principal da Antiga Biblioteca

St Stephens Green
St Stephens Green

Começaremos o dia às 10 da manhã visitando o Trinity College, um dos símbolos de Dublin e uma das universidades mais antigas do mundo. Embora o preço seja um pouco elevado, nós recomendamos visitar a exposição sobre o Livro de Kells e a Antiga Biblioteca.

Depois da visita ao campus, você deve pegar a Nassau Street e continuar até chegar a Merrion Square, um dos parques mais animados do centro de Dublin. No interior do parque está a estátua de Oscar Wilde.

Na esquina contrária do parque pela qual você entrou está a Casa Número 29, um edifício restaurado onde você pode ver a vida em Dublin no passado. É uma visita bastante recomendada, especialmente se você fala inglês.

Saindo à esquerda, você chegará ao Museu de História Natural e à Galeria Nacional da Irlanda. Dando a volta no quarteirão, você encontrará o Museu Nacional de Arqueologia e a Biblioteca Nacional. Se tiver tempo, esses lugares são muito interessantes.

Caminhando em direção ao sul, você chegará ao parque mais animado da cidade, o St Stephens Green. Nele, você poderá dar um passeio ou fazer como muitos dublinenses, comprar algo em um supermercado próximo e comer no parque.

Provavelmente já será a hora de fazer as malas para poder pegar o voo, por isso aqui termina nosso roteiro de um fim de semana em Dublin.

Ainda tem tempo?

Se você tem mais tempo na cidade, não deixe passar a oportunidade de passear pelo Phoenix Park, visitar a surpreendente mansão Casino Marino, as igrejas de St Michan e St Audoen, a exposição Dublinia e o Castelo de Dublin.

Se você não quer se limitar à capital, sempre é interessante conhecer os incríveis Cliffs of Moher, as Montanhas de Wicklow, o surpreendente Caminho do Gigante, Howth e Malahide e outras cidades da Irlanda.