Igreja de St. Michan

Fundada em 1095, a Igreja de St. Michan foi durante vários séculos a única igreja situada ao norte do rio Liffey. St. Michan não é conhecida por esse detalhe e sim pelos inquilinos que habitam suas criptas.

O interior de St Michan

A Igreja de St. Michan, uma das mais antigas da cidade, teve que ser reconstruída em 1685 e foi restaurada em 1998. Trata-se de um templo com um interior bastante modesto, em que se destaca um órgão de 1724 que ainda se utiliza, mas, em relação ao resto, é simplesmente uma pequena igreja que chama pouco a atenção.

A maior atração da igreja está escondida nas várias criptas, repletas de caixões com os restos mumificados de alguns antigos cidadãos de Dublin. Um guia acompanha os visitantes até o interior das lúgubres criptas para apresentar os personagens que descansam nelas.

Em uma das salas subterrâneas se conservam os restos mumificados dos irmãos Henry e John Seares, que foram executados por atuar como dirigentes durante a Rebelião de 1798.

Nas salas contíguas podemos ver os caixões abertos nos quais repousam as múmias cobertas de pó. Algumas múmias estão com os pés cortados porque eram muito altos para o caixão, ou uma mão cortada caso fosse um ladrão.

Um lugar arrepiante

A Igreja de San Michan não chama especialmente a atenção por seus elementos arquitetônicos nem por sua decoração, mas pela inquietante tranquilidade de suas antigas criptas repletas de múmias, que faz com que valha a pena visitá-la.

Horário

De segunda a sexta, das 10:00 às 12:45 e das 14:00 às 16:45 horas.
Sábados, das 10:00 às 12:45 horas.
Domingos, fechado.

Preço

A entrada à igreja é gratuita.
Visita à cripta: 3,50€ (estudantes: 3€).

Transporte

Bonde: The Four Courts, linha vermelha.
Ônibus: North Quays, linhas 51D e 51X.

Lugares próximos

Antiga Destilaria Jameson (149 m)
Igreja de St. Audoen (437 m)
Dublinia (533 m)
Catedral Christ Church (548 m)
Museu do Leprechaun (598 m)